This option will reset the home page of Áudio nas Igrejas restoring closed widgets and categories.

Reset Áudio nas Igrejas homepage

Ministério de Som – Visão Ministerial

Geralmente abordamos dois aspectos quanto a visão do ministério de som, infelizmente a maioria das pessoas, mesmo as que já estão no ministério acham que unicamente chegam na igreja, ligam a mesa de som, regulam e depois desligam tudo no final do culto. Mas o ministério de som não é apenas ligar o som para o pregador, para o louvor. Quem está na mesa de som está exercendo um ministério e faz parte do culto no seu contexto, não é um coadjuvante, e sim integrante do culto.

O que acontece quando uma pessoa entra na igreja e o som está altíssimo e ininteligível? Ela desanima, não é verdade? Como uma pessoa, mesmo que evangélica, pode ser liberta com o louvor e edificada na palavra e nos testemunhos se essa pessoa não conseguir entender o louvor e a pregação?

Pois é, para que as pessoas possam entender a palavra, o louvor, os testemunhos, as orações e as ministrações é preciso que haja alguém no som, e mais do que simplesmente operando, mas exercendo seu ministério.

Existe algo muito importante que ministramos: quem está no ministério de som está abrindo o culto junto com o oficial que está abrindo o culto; está ministrando o louvor junto com os levitas; está pregando a Palavra de Deus junto com o pastor. A “primeira lida” parece um pouco estranho, mas a voz de quem está no púlpito passa por quem está no som, que tem a responsabilidade de fazer as pessoas entenderem “confortavelmente” para que possam ficar concentradas e serem tocadas pelo Espírito Santo.

Para fazer algo junto com alguém e prosperar, é necessário caminhar na mesma visão e com o mesmo objetivo; e no ministério, com a mesma unção. Portanto o ministério de som tem que caminhar na mesma direção, na mesma visão e na mesma unção da igreja e dos demais ministérios.

O segundo aspecto envolve a unção do ministério de som. É um ministério onde é necessário buscar crescimento espiritual, santidade e unção, sim; mas o ministério de som envolve também conhecimento humano, pois áudio é uma ciência. Portanto além do preparo espiritual, é necessário existir um preparo humano/intelectual, e se os dois lados não andarem juntos e devidamente ordenados o ministério não prospera, tanto individual (operador/roadie) como coletivo (ministério em si).

No antigo testamento, quando foi construído o tabernáculo, foi necessário o trabalho de ourives, joalheiros, carpinteiros, marceneiros, costureiros, onde cada um trabalhou segundo a sua especialidade, fazendo a obra do Senhor com o emprego de seus conhecimentos e de suas profissões. É o que acontece hoje no ministério de som, fazemos a obra do Senhor empregando nossos conhecimentos e buscamos nos aperfeiçoar para podermos dar o melhor ao nosso Senhor, nosso trabalho é um trabalho de construção, de mão-de-obra que não é qualquer pessoa que sabe executar, como foi o trabalho daqueles à época da construção do tabernáculo.

E o que Deus fez quando da construção do tabernáculo? Vamos conferir em Êxodo 31:1-11. “Disse mais o Senhor a Moisés: Eis que chamei pelo nome a Bezalel, filho de Uri… e o enchi do Espírito de Deus, de habilidade e de conhecimento, em todo artifício para elaborar desenhos e trabalhar em ouro, em prata, em bronze… para toda sorte de lavores. Eis que lhe dei por companheiro Aoliabe… e dei habilidade a todos os homens hábeis para que me façam tudo o que tenho ordenado: a tenda da congregação, a arca do Testemunho… eles farão tudo segundo tenho ordenado.” E ainda em Êxodo 35:30-35. “Disse Moisés aos filhos de Israel: Eis que o Senhor chamou pelo nome a Bezalel… e o Espírito de Deus o encheu de habilidade, inteligência e conhecimento em todo artifício, e para elaborar… Também lhe dispôs o coração para ensinar a outrem, a ele e a Aoliabe… Encheu-os de habilidade para fazer toda obra de mestre, até a mais engenhosa…”.

Se essa lista fosse refeita hoje colocaríamos o Som nela com toda certeza e esta unção está sobre o ministério de som:

1o – Deus nos chamou pelo nome, foi Ele quem nos escolheu para o ministério.

2o – Deus nos encheu com seu Espírito, e nos encheu de habilidade e de conhecimento para trabalharmos com áudio, para trabalharmos no Ministério de Som.

3o – No vers. 6 notamos que Deus deu capacidade aos homens hábeis para que fizessem segundo aquilo que o próprio Deus planejara, portanto devemos nos habilitar, devemos buscar o conhecimento e aprender, o áudio e a acústica são ciências que caminham rápido e ainda vão demorar a chegar a um ponto de evolução mais lenta, cabe a nós nos habilitarmos, e a nossa capacidade vem de Deus (confira II Coríntios 3:5).

4o – Deus também dispôs o coração deles para ensinarem. Portanto nos cabe também prepararmos pessoas para exercerem o ministério.

Filippo Valiante Filho (Filippino)

P.S. Para aprofundamento sobre o tema, recomendamos a leitura do livreto “Coerência e Qualidade Técnica na Comunicação do Evangelho — Respaldo bíblico, espiritual e estratégico para a priorização do som e da acústica nas igrejas”, de David Distler, neste link.

8 Comentários

  1. joao denis souza says:

    quero agradecer por essa palavra pois por muito tempo tenho sofrido por nao entender o meu ministerio . as pessoas na igreja querem o som bom funcionando mas nao procuram nen saber como voce esta .tem sido dias dificeis para os tecnicos
    .

  2. augusto says:

    ha sete anos trabalho no misterio do som na minha igreja sempre fiz com muito carinho mas depois de ler este belo comentario vou dar o melhor de mim procurar aprender mais fazer curços me sinto mais util na minha igreja fui chamado para fazer a diferença DEUS ABENÇOE!!!!!!

  3. EBERT says:

    GOSTEI MUITO SOBRE MINISTERIO DO SOM JA TENHO UTIZADO ESTA VISAO AQUI NO MATO GROSSO JA ACRESCENTEI ATE ALGUMAS COISAS DE QUE ACREDITO SAO DE GRANDE UTILIDADE PARA OS IRMAOS EM FE E SABENDO DA DIFICULDADES ENFRENTADAS NAS IGREJAS ESPALHADAS PELO MEU ESTADO ESOERO QUE TENHA AJUDADO. HUMILDEMENTE PECO DESCULPAS SE USEI PARTE DE SWEU ARTIGO SEM AUTORIZACAO E ESTOU AO INTEIRO DISPOR VOU ENVIAR UMA COPIA DE COMO FICOU O ARTIGO COM AS MODIFICACOES UM ABRACO

  4. marcelo lima da silva says:

    a paz do Senhor gostei muinto dessa palavra, ja sofri, ja fui humilhadopor defender e cuidar desta area, mas este estudo me disse tudo o que eu prescisava saber, aprender e executar, gostaria de manter contato com o autor se possivel, pelo meu e-mail.

  5. ebert says:

    olhem so fiz algumas alteracoes em ministerio do som espero que naose chateiem comigo fiz pensando em melhorar as informacoes e repassei aos pastores das igrejas coligadas aqui da ibn araes cuiaba se preciso gopstaria de enviar uma copia de como ficou a versao com alguns melhoramentos

  6. Eu trabalho com som e achei interessante esse assunto.

  7. Marcos Olci says:

    Graça e Paz. Minha primeira atribuição em minha igreja foi, e ainda é, operar o som. Sempre o fiz com muito amor e carinho. Nada me foi exigido, somente operar a mesa de som. Mas meu coração queria fazer o melhor. Assim, busquei saber mais sobre a operação de áudio e nessa busca cheguei até aqui. O que fazemos é por amor a obra de Deus e é ele que nos capacita e traz o conhecimento necessário. Que Deus continue abençoando esta obra Filippo, você é instrumento nas mãos do Pai Celeste.

  8. Luciano Coelho says:

    Excelente artigo! Parabéns!

     

Deixe seu Comentário